Personalidades

CIDADE DO LIVRO

Regionalização
Em 2017 foi proposto o novo Programa de Regionalização do Turismo, iniciativa do Ministério do Turismo e Secretaria de Turismo do Estado de São Paulo, no qual tem o objetivo promover a convergência e a articulação das ações do Ministério do Turismo e do conjunto das políticas públicas setoriais e locais, tendo como foco a gestão, estruturação e promoção do turismo. Entre as ações constantes no programa está o mapeamento dos municípios para atualização do Mapa do Turismo Brasileiro que ocorre a cada dois anos. 
O mapa está disponível no site: www.mapa.turismo.gov.br. Para participar de editais e angariar recursos do Ministério do Turismo, a inserção do município no Mapa do Turismo Brasileiro é de extrema importância, uma vez que é considerado item obrigatório para a formalização de instrumentos de transferência voluntária de recursos do Programa Nacional de Turismo, conforme Portaria 182 de 28 de julho de 2016 do Ministério do Turismo. Dessa forma, no Estado de São Paulo, através da Secretaria de Turismo, em 2017 foi iniciado o processo de atualização do Mapa de Turismo, o que resultou na divisão do Estado de São Paulo em 51 Regiões Turísticas.

Lençóis Paulista figura junto a mais 10 cidades na Região Turística Coração Paulista. Também integram a região os municípios de Águas de Santa Barbara, Agudos, Avaí, Bauru, Cafelândia, Macatuba, Pederneiras, Pirajuí, Piratininga e Reginópolis. Boracéia integrou o grupo em 2018 e constará no Mapa da região em 2019, quando será realizada a atualização através do Ministério de Turismo e Secretaria Estadual de Turismo. Bauru é a sede administrativa e atua na liderança regional. A Governança da Região Turística promove encontros mensais e itinerantes que permitem aos gestores de turismo desenvolver ações que contribuam para o desenvolvimento dessa nova região turística. Bauru é a sede do Coração Paulista e atua na liderança regional. Os municípios constantes no Mapa do Turismo Brasileiro são divididos em categorias, de acordo com o desempenho de suas economias do turismo. Para categorização são considerados dados oficiais já existentes, são eles: o número de ocupações e estabelecimentos formais no setor de hospedagem (fonte: Relação Anual de Informações Sociais – RAIS/Ministério do Trabalho e Emprego); e a estimativa do fluxo turístico doméstico e internacional (fonte: Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas – FIPE/MTur). As categorias vão de A a E, sendo Lençóis Paulista certificado na Categoria C.